Sexta, 27 de Maio de 2022
°

-

Anúncio
Entretenimento Entretenimento

Vacinação impacta positivamente no Turismo em Foz do Iguaçu

Atrações da cidade localizada na Tríplice Fronteira tiveram aumento médio superior a 50% em janeiro em comparação com o mesmo mês do ano passado; p...

21/02/2022 às 11h35
Por: Fabricio Vieira Fonte: Dino
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 e a reabertura do comércio e serviços, turistas brasileiros e estrangeiros voltaram a programar suas viagens. E um dos destinos mais aquecidos é Foz do Iguaçu. Em janeiro de 2022, as principais atrações da cidade receberam 221,5 mil turistas provenientes de 77 países.

Em comparação com números do ano passado, o aumento da visitação é expressivo. As Cataratas do Iguaçu, por exemplo, tiveram acréscimo de 67% na quantidade de visitas em relação a janeiro de 2021. Já os atrativos da Itaipu Binacional tiveram aumento de 40%. No Marco das 3 Fronteiras, a alta foi de 71%.

O município paranaense está localizado na região da chamada Tríplice Fronteira, na divisa entre Brasil, Paraguai e Argentina. Trata-se da principal área fronteiriça da América do Sul em termos de população, circulação de pessoas e mercadorias. A quantidade maior de turistas na região tem gerado expectativa de crescimento da economia local entre empresários do ramo. 

"Com a confirmação desses números, temos a certeza de que neste ano iremos iniciar a retomada do turismo na cidade. E acreditamos ainda que, dentro de um período de 6 meses, iremos retomar também o turismo internacional", diz Jaime Mendes, empresário do setor de turismo de Foz do Iguaçu. 

O número de visitantes ainda não supera o atingido em janeiro de 2020, mês que antecedeu o início da pandemia. Contudo, já deixam empreendedores e empresários otimistas. A Itaipu e a agência Visit Iguassu anunciaram o investimento de R$ 2,3 milhões para a promoção do turismo no município. Além da busca por mais turistas, a iniciativa tem como objetivo ampliar o tempo de permanência dos visitantes na cidade. 

Para Mendes, que é sócio-proprietário do Del Rey Hotel, um dos hotéis mais tradicionais de Foz do Iguaçu, a recuperação do turismo impacta positivamente a vida de moradores e trabalhadores da cidade, bastante afetada pelo fechamento do comércio provocado pela pandemia. "O reaquecimento do setor de turismo de Foz do Iguaçu é fundamental neste momento, pois é o setor de turismo o que mais emprega e gera renda para o município", afirma.  

Os números poderiam ser ainda mais otimistas não fosse a alta de casos de Covid-19 verificada no Brasil e no mundo relacionada à variante ômicron, que impactou em grande número de cancelamento de voos no mês de janeiro. De acordo com o site Reclame Aqui, apenas nos primeiros 15 dias de 2022, o número de reclamações sobre cancelamentos devooscresceu 38% em comparação com o mesmo período de dezembro. 

Por outro lado, a alta taxa de vacinação dos iguaçuenses faz da cidade um local seguro para o visitante e promissor para empreendedores e investidores. "Foz do Iguaçu está preparada para receber os turistas com toda segurança. Foi uma das primeiras cidades do país a implantar os protocolos de segurança para o setor de turismo. Além disso, a população da cidade está 98% imunizada com a segunda dose", diz Mendes. 

Para saber mais, basta acessar o site:www.hoteldelreyfoz.com.br

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias