Sexta, 27 de Maio de 2022
°

-

Anúncio
Senado Federal Senado Federal

Inscrições para o Jovem Senador 2022 terminam dia 18 de março

Daqui a 30 dias termina o prazo para as escolas públicas de ensino médio enviarem às secretarias estaduais de Educação as redações dos estudantes q...

18/02/2022 às 22h10
Por: Fabricio Vieira Fonte: Agência Senado
Compartilhe:
Roberto Suguino/Agência Senado
Roberto Suguino/Agência Senado

Daqui a 30 dias termina o prazo para as escolas públicas de ensino médio enviarem às secretarias estaduais de Educação as redações dos estudantes que vão concorrer a uma vaga no programa Jovem Senador 2022.

A seleção dos jovens senadores e senadoras que vão representar seus estados ocorre em etapas. Primeiro, a escola realiza o concurso de redação do Senado Federal e escolhe a que vai representá-la na seleção estadual. O tema deste ano é "200 anos de Independência: lições da história para a construção do amanhã" e a redação pode ser aplicada por professor de qualquer disciplina.

Na segunda etapa, as secretarias estaduais de Educação escolhem, entre as redações recebidas, as três melhores que serão enviadas ao Senado Federal para a seleção final.  Serão escolhidas 27 redações, uma de cada estado e do DF, e os autores dos textos vencedores participam da Semana de Vivência Legislativa, durante a qual exercerão o mandato de jovens senadores e senadoras, discutindo e votando projetos que podem virar lei.

O responsável pelo Projeto Jovem Senador, Antônio Carlos Burity, ressalta que as escolas devem ficar atentas ao prazo de envio das redações. “O programa Jovem Senador começa na escola com a mobilização de estudantes e professores para a realização do concurso de redação. É importante não deixar para última hora já que falta apenas um mês para envio das redações vencedoras para as secretarias da Educação”.

Novo calendário

Depois de nove edições realizando a Semana de Vivência Legislativa em novembro, o Programa Jovem Senador tem um novo calendário. “Neste ano, a Semana de Vivência Legislativa será em junho de forma a evitar o deslocamento dos estudantes dos seus estados no mesmo mês em que são realizadas provas como o Enem [Exame Nacional do Ensino Médio] ou vestibulares”, explica o coordenador do programa, Francisco Biondo.

Apenas estudantes de escolas públicas estaduais podem concorrer a uma vaga no Programa Jovem Senador. Eles devem ter, no máximo 21 anos, e estar matriculados no ensino médio, em tempo parcial ou integral, nas modalidades regular, profissional técnico integrado, especial, indígena ou educação de jovens e adultos (EJA). Estudantes de escolas militares e escolas técnicas podem participar, desde que essas escolas façam parte da rede de ensino das secretarias estaduais de educação. 

O regulamento, a ficha de inscrição e a folha de redação estão em www12.senado.leg.br/jovemsenador.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias