Sexta, 27 de Maio de 2022
°

-

Anúncio
Senado Federal Senado Federal

CPI da Chapecoense vai ouvir presidentes da Petrobras e da Tokio Marine

A CPI da Chapecoense vai ouvir na quarta-feira (23), às 13h, o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, e o presidente da Tokio Marine Segura...

18/02/2022 às 22h10
Por: Fabricio Vieira Fonte: Agência Senado
Compartilhe:
Edilson Rodrigues/Agência Senado
Edilson Rodrigues/Agência Senado

A CPI da Chapecoense vai ouvir na quarta-feira (23), às 13h, o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, e o presidente da Tokio Marine Seguradora, José Adalberto Ferrara. Os autores dos requerimentos, senadores Izalci Lucas (PSDB-DF) e Jorginho Mello (PL-SC), querem esclarecimentos sobre contratos da estatal com a filial da seguradora no Brasil.

Para Jorginho Mello (PL-SC), a sócia majoritária, com sede no Japão, está se “eximindo do pagamento” das indenizações que cabem aos familiares das vítimas do voo.

“Queremos entender e esclarecer quais garantais foram oferecidas e se estamos garantidos que o Brasil receberá as indenizações que lhes cabe caso ocorra algum motivo para isso”, argumenta Jorginho no requerimento.

Já o senador Izalci Lucas (PSDB-DF), relator da comissão, explica no requerimento que o presidente da Tokio Marine Seguradora, José Adalberto Ferrara, já atendeu a convocação da CPI em março de 2020. No entanto, segundo o senador, ele não dispunha, naquele momento, “de informações suficientes para prestar os esclarecimentos solicitados” justificando, assim, uma reconvocação.

Entre outras linhas de investigação, a CPI investiga os motivos pelos quais familiares das vítimas ainda não receberam indenizações. O acidente, que já completou cinco anos, aconteceu quando o avião da empresa boliviana LaMia, que levava a delegação da Chapecoense, jornalistas e convidados caiu na Colômbia, deixando 71 mortos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias